Pós-Graduação IAC

Agricultura Tropical e Subtropical

Mestrado e Doutorado Acadêmicos- Stricto sensu




O Programa de Pós-graduação em Agricultura Tropical e Subtropical em nível de Mestrado (desde 1999) e de Doutorado (desde 2009) do IAC tem como área de concentração a PRODUÇÃO AGRÍCOLA SUSTENTÁVEL e destina-se à capacitação, à atualização e ao aprimoramento em aspectos científicos, tecnológicos e de inovação da área agronômica, destacando-se pela informação voltada para a pesquisa aplicada, com foco na sustentabilidade agrícola e ambiental.

Os alunos da Pós-graduação em Agricultura Tropical e Subtropical atuam diretamente nos projetos de pesquisa desenvolvidos na instituição. O Programa tem como objetivo a formação de pesquisadores docentes e profissionais especializados para atuação na área agrícola e possui duas linhas de pesquisa: SISTEMAS DE MANEJO E QUALIDADE AMBIENTAL (SMQA) e BIOTECNOLOGIA, GENÉTICA E MELHORAMENTO DE PLANTAS (BGMP).

Podem ser candidatos ao curso engenheiros agrônomos, engenheiros agrícolas, biólogos e outros profissionais portadores de diplomas universitários que desenvolvam atividades relacionadas com as ciências agronômicas e ambientais.

O curso de mestrado tem duração de dois anos, com processo seletivo anual entre os meses de outubro e novembro e início do ano letivo em março. O curso de Doutorado possui processo seletivo continuado, e possui duração de quatro anos.

SISTEMAS DE MANEJO E QUALIDADE AMBIENTAL (SMQA)

A linha de pesquisa em Sistemas de Manejo e Qualidade Ambiental visa a formação dos discentes com ênfase no aumento da eficiência produtiva e sustentabilidade dos sistemas de produção agrícola, com objetivo de contribuir para a segurança alimentar. Os estudantes têm acesso aos conhecimentos básicos das principais culturas agrícolas, que proporcionem o uso mais eficiente de recursos na agricultura, tais como climatologia, fisiologia vegetal, nutrição mineral e fitossanidade. Adicionalmente, são enfatizados temas que relacionem os recursos ambientais à atividade agrícola, visando a melhoria da proteção, conservação e remediação ambiental. Nesse contexto, são abordados conceitos básicos e avançados de solo e clima, aspectos centrais para o manejo sustentável de ecossistemas. As pesquisas envolvem, ainda, os estudos dos impactos da atividade agrícola sobre a emissão de gases de efeito estufa, erosão do solo e a sua contaminação com poluentes.

Temas dos projetos desta linha de pesquisa:

  • Fitossanidade.
  • Relações Planta-Ambiente.
  • Sistemas e Manejo de Produção.
  • Planejamento Agroambiental e Conservação do Solo.
  • Fertilidade e Microbiologia do Solo.
  • Poluição e Qualidade do Solo.

BIOTECNOLOGIA, GENÉTICA E MELHORAMENTO DE PLANTAS (BGMP).

A linha de pesquisa em Biotecnologia, Genética e Melhoramento de Plantas (BGMP) aborda aspectos conceituais e aplicados da genética, biotecnologia, biologia molecular e interação planta-microrganismos, com ênfase no melhoramento genético vegetal. Além de técnicas clássicas de melhoramento em plantas perenes e anuais, técnicas relacionadas à biotecnologia desde clonagem de genes, passando por cultura de tecidos vegetais, transformação de plantas até edição gênica são abordadas. Incluem-se também a caracterização, conservação e exploração biotecnológica de recursos genéticos, visto que a instituição possui banco de germoplasma de inúmeras espécies de interesse agrícola, e tais procedimentos são essenciais para o futuro do melhoramento de plantas em ambientes cada vez mais restritivos. Os alunos têm a oportunidade de acompanhar os programas de melhoramento que resultam no lançamento de variedades IAC. Nossas pesquisas representam oportunidade única na formação voltada à geração de produtos agrícolas, como bioinsumos e novos cultivares importantes para a bioeconomia brasileira.

Temas dos projetos desta linha de pesquisa:

  • Melhoramento genético de espécies perenes e semi-perenes
  • Melhoramento genético de espécies anuais
  • Genética clássica e quantitativa
  • Biotecnologia vegetal
  • Fitopatologia molecular

Avaliação pela CAPES

Quadriênio 2017-2020: conceito 4

Coordenação do Programa de Pós-graduação (março de 2021 a março de 2025)

  • Coordenadora do Programa: Aline Renée Coscione
  • Vice-coordenador: Gabriel Constantino Blain
  • Suplente: Adriana Parada Dias da Silveira

Comitê do Curso de Pós-Graduação (CPG)

  • Presidente - Aline Renée Coscione (março de 2021 a março de 2025)
  • Fernando César Bachiega Zambrosi ( março de 2023 a agosto de 2026)
  • Jorge Mauricio Mondego (março de 2023 a março de 2027)

Comissão Permanente de Avaliação (CPA) (março de 2021 a março de 2025)

  • Presidente - Aline Renée Coscione
  • Adriana Parada Dias da Silveira
  • Mara Fernandes Moura
  • Gabriel Constantino Blain

Comissão das Linhas de Pesquisa (CLP)

a. Sistemas de Manejo e Qualidade Ambiental

  • Presidente: : :Fernando César Bachiega Zambrosi (março de 2021 a março de 2025)
  • Vice-presidente: Estêvão Vicari Mellis (março de 2022 a março de 2025)
  • Suplente: Fernando Alves de Azevedo (março de 2022 a março de 2025)

b. Biotecnologia, Genética e Melhoramento de Plantas

  • Presidente: Jorge Mauricio Costa Mondego (março de 2022 a março de 2025)
  • Vice-presidente: Carlos Augusto Colombo (março de 2022 a março 2025)
  • Suplente: Marco Aurélio Takita (agosto de 2023 a agosto de 2027)

Comissão de Bolsas (CB)

  • Presidente - Aline Renée Coscione (março de 2021 a março 2025)
  • Estêvão Vicari Mellis (março de 2023 a março de 2027)
  • Marco Aurélio Takita (março de 2023 a março de 2027)
  • Lucas Ferreira Penteado (março de 2024 a março de 2025)

Representante discente (março de 2024 a março de 2025)

  • Lucas Ferreira Penteado

Contato

Secretaria de Pós-graduação

Av. Barão de Itapura, 1481 - Campinas/SP
Fone (19) 2137-0601

pgiac@iac.sp.gov.br


Apoio

Capes CNPQ Fundag

Sede do Instituto Agronômico (IAC)
Avenida Barão de Itapura, 1.481
Botafogo
Campinas (SP) Brasil
CEP 13020-902
Fone (19) 2137-0600