Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.

Agropolo Campinas-Brasil tem primeiro Workshop nesta segunda, 9

Diretor do IAC, que é presidente da Secretaria Executiva do Agropolo Campinas-Brasil, vai à França este mês para conhecer a Agropolis International 

 


    O 1º Workshop Pesquisas do Agropolo Campinas-Brasil acontece nesta segunda-feira, 9 de novembro de 2015, na Sede do Instituto Agronômico (IAC), em Campinas, das 8h30 às 17h15. Com o tema “A Pesquisa em bioeconomia: agricultura, alimentos, saúde, química verde e bioenergia”, esta primeira reunião técnica tem por objetivo promover a aproximação entre as Instituições de pesquisa e ensino, empresas e os representantes do Governo, para atuação conjunta no âmbito do Agropolo. O evento terá a participação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), com palestra do diretor-científico, Carlos Henrique de Brito Cruz. 
    “Passados menos de seis meses da assinatura do acordo, teremos esta primeira reunião técnica das instituições envolvidas, em que iremos discutir oportunidades dentro das áreas que compõem a temática do workshop; também este mês iremos à França para conhecer as estruturas que inspiram nosso trabalho”, diz Sérgio Augusto Morais Carbonell, diretor-geral do IAC e presidente da Secretaria Executiva do Agropolo Campinas-Brasil.
    O acordo de cooperação técnica e científica foi assinado em 26 de junho de 2015, durante a cerimônia de aniversário de 128 anos do IAC. O Agropolo Campinas-Brasil é inspirado no modelo da Agropolis International, de Montpellier, na França, e está fundamentado no conceito da inovação colaborativa, com uma nova estratégia para promover pesquisa, desenvolvimento e incorporação de produtos e serviços. 
     Após este primeiro workshop está prevista realização de oficina para reuniões dos grupos em cada uma das áreas da bioeconomia, inseridas no Agropolo Campinas-Brasil: agricultura, alimentos, saúde, química verde e bioenergia, para discutir temas que serão tratados nos Workshops em Pesquisa & Desenvolvimento em Bioeconomia. “Os grupos irão organizar atividades específicas para elaborar o projeto de políticas públicas que será submetido à FAPESP”, diz Carbonell. 
    Esses projetos serão temáticos, envolvendo os principais eixos dentro da agricultura, como demanda hídrica, resíduos, emissão de baixo carbono e outros. Concluída essa etapa, será o momento de organizar workshops internacionais para debates com profissionais do Brasil e do exterior. “Os grandes projetos temáticos que nortearão o Agropolo Campinas-Brasil serão resultados desses workshops”, afirma Carbonell. 
  O diretor-científico da FAPESP irá palestrar sobre “A pesquisa em bioeconomia e as possibilidades de financiamento FAPESP”. Outras palestras serão proferidas por representantes das instituições participantes do Agropolo Campinas-Brasil e de instituições parceiras (conforme a programação abaixo). 
    De 23 a 27 de novembro de 2015, Carbonell estará na França para a primeira visita à Agropolis International, em Montpellier, onde conhecerá as instalações da Instituição e terá reunião com a equipe local. Estão programadas também visitas à Embrapa Labex Europa – França, e a laboratórios e plantas pilotos nas áreas de pesquisa prioritárias do Agropolo Campinas-Brasil, que incluem agricultura, alimentação, biodiversidade e meio ambiente. 
     Além do diretor-geral do IAC, irão para a França também o pesquisador do IAC, Carlos Augusto Colombo, e o diretor-geral do Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL), Luís Fernando Ceribelli Madi. O grupo irá conhecer também o modelo de parceria entre universidades, escolas, centros de pesquisa em visita à Escola de Agronomia (Sup. Agro. Montpellier) e ao Liceu Agrícola Agropolis. 
Como presidente da Secretaria Executiva do Agropolo, o diretor do IAC falará aos técnicos da Agropolis Montpellier sobre as ações estratégicas do Agropolo Campinas-Brasil para 2015-2016 e o agronegócio do Brasil e do Estado de São Paulo, considerando as contribuições da pesquisa paulista nesse setor. 
    O Conselho Administrativo do Agropolo Campinas-Brasil é formado por Jonas Donizette (presidente), prefeito de Campinas, José Tadeu Jorge (vice-presidente), reitor da Unicamp, Arnaldo Jardim, secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Márcio França, secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Miguel Gilberto Pascoal e José Luiz Camargo Guazzelli, do Techno Park Campinas, e Bernard Hubert e Eric Fargeas, da Associação Agropolis International.
    O Secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, ressalta que a região de Campinas reúne 7.360 unidades de produção agrícola, sendo 6.500 pequenas propriedades e 13 mil agroindústrias. “Esse projeto engloba todas as recomendações feitas pelo governador Geraldo Alckmin: a sustentabilidade como fator fundamental para o desenvolvimento agrícola, aproximação com o produtor e o setor produtivo e atenção ao pequeno agricultor”, afirma. 
Agropolo Campinas-Brasil
    Participam do Agropolo Campinas-Brasil a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio do IAC, ITAL e Instituto Biológico, Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Prefeitura de Campinas, Unicamp, Techno Park Campinas – Associtech e Associação Agropolis International.
    A associação francesa Agropolis International é financiada e administrada por instituições da comunidade científica regional de Languedoc-Roussillon, em Montpellier. É voltada para a pesquisa agronômica e o desenvolvimento sustentável. Criada em 1986, é considerada uma das maiores concentrações de competências nas áreas de agricultura, alimentação, biodiversidade e meio ambiente.
    A parceria cria também a possibilidade de intercâmbio entre os participantes a fim de contribuir com a formação de recursos humanos. Montpellier tem universidades bem avaliadas. Campinas oferece a excelência do ensino da Unicamp e os cursos de pós-graduação existentes no Instituto Agronômico, Instituto Biológico e Instituto de Tecnologia de Alimentos, com programações diferenciadas pela intensa participação dos pós-graduandos nas atividades científicas de cada instituto.

 

Programação 

 

1º Workshop Pesquisas do Agropolo Campinas-Brasil
“A Pesquisa em Bioeconomia: Agricultura, Alimentos, Saúde, Química Verde e Bioenergia”
09 de novembro de 2015 – Anfiteatro “Otávio Tisseli  Filho” -   
Av. Barão de Itapura, 1481,- Campinas, SP
09 de novembro (segunda feira)
8h30-9hCredenciamento
9h-9h30Abertura 
9h30-10hApresentação sobre Agropolo Campinas-Brasil - Sérgio Augusto Morais Carbonell, Diretor Instituto Agronômico (IAC) e Presidente da Secretaria Executiva do Agropolo Campinas-Brasil 
10h-12hA Pesquisa em Bioeconomia e as Possibilidades de Financiamento FAPESP- Carlos Henrique de Brito Cruz, Diretor Científico da FAPESP
12h-13hBrunch
13h-14hPesquisa em Agricultura e Alimentos
Moderador: Sérgio Augusto Morais Carbonell, Diretor-geral do Instituto Agronômico-IAC e Presidente da Secretaria Executiva do Agropolo Campinas-Brasil
Agricultura: Carlos Augusto Colombo, Instituto Agronômico-IAC  
Alimentos: Luís Fernando Ceribelli Madi, Diretor-geral do Instituto de Tecnologia de Alimentos-ITAL
14h-15h30A Pesquisa em Saúde, Química Verde e Bioenergia
Moderador: Luís Fernando Ceribelli Madi, Diretor-geral do Instituto de Tecnologia de Alimentos-ITAL

Saúde: Mário José Abdalla Saad, Faculdade de Ciências Médicas – FCM/UNICAMP e Coordenador Adjunto da FAPESP
Química Verde: Rubens Maciel, Faculdade de Engenharia Química/UNICAMP e Bioen/FAPESP 
Bioenergia: Gláucia Souza, Instituto de Química/USP e Bioen/FAPESP 
15h30-17hA Parceria com Empresas nas Áreas de Bioeconomia
Moderador: Milton Mori, INOVA-UNICAMP                                                      
José Luiz Guazzelli, Technopark
Eduardo Giacomazzi, Coordenador do BioBrasil - comitê da Bioindústria e grupo Bioeconomia Conic - FIESP 
Gerard Chuzel, Consulado da França, rep. Agropolis International, Montpellier, França
17h-17h15Conclusões e Encerramento
Sérgio Augusto Morais Carbonell, Diretor-geral do Instituto Agronômico-IAC e Presidente da Secretaria Executiva do Agropolo Campinas-Brasil
Luís Fernando Ceribelli Madi, Diretor-geral do Instituto de Tecnologia de Alimentos- ITAL
Luís Augusto Barbosa Cortez, FEAGRI/UNICAMP, Coordenador Adjunto da FAPESP, Vice-Presidente da Secretaria Executiva do Agropolo Campinas-Brasil
 

Sede do Instituto Agronômico (IAC)
Avenida Barão de Itapura, 1.481
Botafogo
Campinas (SP) Brasil
CEP 13020-902
Fone (19) 2137-0600

Governo do Estado de SP