Os ganhos e as formas de manejo de micronutrientes em cana são tema de Workshop do IAC

Por Carla Gomes (MTb 28156) e Mônica Galdino (MTb 47045) – Assessoria de imprensa IAC 

 

O Instituto Agronômico (IAC) irá realizar o Workshop Micronutrientes em Cana-de-açúcar, nos dias 06 e 07 de outubro de 2021. O objetivo é divulgar conhecimentos sobre o manejo adequado de micronutrientes em todas as regiões produtoras de cana-de-açúcar do Brasil. As pesquisas conduzidas pelo IAC, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo, trouxeram destaque para o uso de micronutrientes na canavicultura, nos últimos seis anos. Outro elemento que jogou luz sobre esse recurso é o fato de as novas variedades de cana serem mais exigentes em nutrientes em geral e também em micronutrientes. Essa maior exigência se deve à produtividade mais elevada desses novos materiais. O evento será online e os interessados podem se inscrever gratuitamente no link https://register.gotowebinar.com/register/3265107947613010700.

O evento irá reunir os principais especialistas da área, com apresentações sobre pesquisas e resultados recentes de estudos. O Workshop é direcionado aos profissionais de usinas de açúcar e álcool, fornecedores de cana, produtores, técnicos de empresas e cooperativas, consultores, agrônomos, técnicos agrícolas, professores, pesquisadores, estudantes de graduação e pós-graduação.

Segundo o pesquisador do IAC, Estêvão Vicari Mellis, ao longo dos últimos anos os micronutrientes têm ganhado a atenção de canavicultores, pesquisadores e indústria. “Houve uma expansão da cultura para regiões de solos arenosos e as pesquisas com nutrição e adubação com micronutrientes passaram a apresentar resultados muito positivos. Porém, por parte dos produtores, ainda existem dúvidas sobre o manejo e a eficiência de micronutrientes, o que pode estar limitando a produtividade dos canaviais”, diz.

 Segundo a pesquisadora do IAC, Raffaella Rossetto, os micronutrientes também podem participar dos cálculos de emissões de gases de efeitos estufa. Este tema será tratado na palestra “Renovabio e seus desafios para o manejo de solos em cana-de-açúcar”. O pesquisador do IAC, Heitor Cantarella, irá apresentar seus recentes estudos sobre adubação em cana e emissão de gases do efeito estufa.

A pesquisadora comenta que os micronutrientes auxiliam no aumento da produtividade e, automaticamente, ajudam a pontuar melhor na Renovacalc (ferramenta que contabiliza a intensidade de carbono de um biocombustível comparando-a a do combustível fóssil equivalente).

O uso de micronutrientes em pré-maturação, que auxilia a cultura da cana a ter melhor balanço dentro do seu metabolismo, incluindo a parte de produção de açúcar e de acúmulo de açúcar na cana será abordado pelo professor Carlos Crusciol, da Universidade Estadual Paulista (UNESP). As principais diferenças entre as fontes de micronutrientes usados na adubação e como devem ser aplicadas serão o assunto da apresentação do professor Rafael Otto, da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ).

A dinâmica de micronutrientes no solo e quais são as fontes mais solúveis será o conteúdo da apresentação do pesquisador Valter Casarin, da empresa Nutrição de Plantas, Ciência e Tecnologia (NPCT). Ele abordará, no dia 7 de outubro, o comportamento dos micronutrientes nos solos cultivados com cana e o que deve ser levado em conta pelos canavicultores na hora de manejar micronutrientes nas lavouras. 

De acordo com Raffaella, na região Nordeste, onde os solos são mais pobres em matéria orgânica, é muito importante o uso de micronutrientes para a produtividade. Lá, no entanto, a adubação com esses insumos tem particularidades, incluindo a fertirrigação. Esse será o assunto da fala do pesquisador da Universidade Federal de Pernambuco, Emídio Cantídio de Oliveira, que abordará as recomendações de manejo de micronutrientes para os canaviais no Nordeste.         

O evento será finalizado com as palestras dos pesquisadores do IAC, Estêvão Vicari Mellis e José Antonio Quaggio. Mellis irá apresentar os 16 anos de estudos na região Centro-Sul do Brasil. “Vou abordar os resultados científicos, indicar quais as melhores respostas para adubação de micronutrientes via solo ou via foliar e recomendação aos produtores, quais as formas sustentáveis de se aplicar cada um dos micronutrientes”, comenta.

Quaggio irá expor as novas recomendações de adubação para a cultura da cana-de-açúcar e quais as formas manejar micronutrientes na região Centro-Sul do Brasil.

           

SERVIÇO

Evento: Workshop Micronutrientes em cana-de-açúcar

Data: 6 e 7 de outubro de 2021

Horário: das 9h às 12h30

E-mail: estevao.mellis@sp.gov.br

Inscrição: https://register.gotowebinar.com/register/3265107947613010700

 

Sede do Instituto Agronômico (IAC)
Avenida Barão de Itapura, 1.481
Botafogo
Campinas (SP) Brasil
CEP 13020-902
Fone (19) 2137-0600