Portal do Governo | Investe SP | Cidadão SP | Internacional SP

Webmail    |    Intranet

 

Pesquisador do IAC recebe homenagem durante Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso

 

 
O reconhecimento se deu pela dedicação à Rede Social do Café, que realiza difusão de tecnologia e troca de conhecimento
 
Pela primeira vez foram homenageadas personalidades de diferentes segmentos ligados ao sistema agroindustrial dos Cafés do Brasil no 27º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso, realizado em abril de 2018. O pesquisador do Instituto Agronômico (IAC), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Sérgio Parreiras Pereira, foi homenageado com uma placa como reconhecimento pela sua dedicação à difusão de tecnologias e apoio à troca de conhecimento, referente ao trabalho realizado com a Rede Social do Café.
“Para minha surpresa fui chamado ao palco durante a cerimônia  e recebi a placa das mãos dos senhores Andrea Illy e Massimiliano Pogliani, presidente e CEO da illycaffè”, disse o pesquisador, que se sentiu honrado pelo reconhecimento de seu trabalho.
Além de Pereira, também foram agraciados Celso Luís Rodrigues Vegro, diretor-geral do Instituto de Economia Agrícola (IEA); Francisco Sérgio de Assis, presidente da Federação dos Cafeicultores do Cerrado; Carmem Lucia Chaves de Brito, presidente da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) e Nathan Herszkowicz, diretor-executivo da Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC).
O Prêmio Ernesto Illy — uma iniciativa que valoriza a cafeicultura brasileira —, foi instituído pela illycaffè como ação no plano de desenvolvimento da qualidade e sustentabilidade do café no país. Já foram premiados mais de dois mil produtores desde a sua primeira edição. O Prêmio é oferecido anualmente desde 1991.
Os cafeicultores premiados pela qualidade do café produzido irão representar o Brasil nos Estados Unidos, na etapa internacional do Prêmio. Os três ganhadores são mineiros de Araponga, nas Matas de Minas; Carmo da Cachoeira, no Sul de Minas e Ibiá, no Cerrado Mineiro. Estão nesses municípios os melhores cafés do tipo arábica da safra 2017/2018, de acordo com o resultado do 27º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso.
 
A Rede Social do Café
Neste ano a iniciativa completa 12 anos de atividades voltadas à comunicação do setor cafeeiro. A Rede tem o papel de informar, diariamente, os profissionais do sistema agroindustrial do café com relação às mais recentes notícias sobre o setor e inovações cafeeiras, com informações sobre clima, cotação, comercialização e agroindústria, além de resultados de estudos do Consórcio Pesquisa Café, que tem o IAC dentre os integrantes.
Atualmente a Rede Social do Café tem cerca de 20 milhões de acessos de internautas de 164 países dos cinco continentes e, no caso específico do Brasil, de aproximadamente 1.100 municípios. Atualmente são 5.005 integrantes cadastrados, mas para acessá-la não é necessário estar logado.
Para atrair os usuários são utilizadas diferentes mídias sociais como Youtube, Facebook, Twitter e WhatsApp, além do envio diário de e-mails para pessoas cadastradas no mailing da Rede. www.redesocialdocafe.com.br
 

Sede do Instituto Agronômico
Avenida Barão de Itapura, 1.481
Botafogo
Campinas (SP) Brasil
CEP 13020-902
Fone (19) 2137-0600