Portal do Governo | Investe SP | Cidadão SP | Internacional SP

Webmail    |    Intranet

Centro de Grãos e Fibras


Cultivares - Triticale

IAC 2 Tarasca

Ano de Lançamento 1992 referencia 01762

Apresenta bom potencial de rendimento de grãos nas condições de cultivo de sequeiro, possuindo as seguintes características agronômicas: porte baixo (115 a 125cm), moderadamente resistente ao acamamento, resistência ao crestamento, resistente a ferrugem da folha e oídio e moderada resistência às manchas foliares causadas por helmintosporiose e a alta suscetibilidade a brusone, resistente a debulha natural mas moderadamente sensível à germinação na espiga, de ciclo médio (135 a 140 dias da germinação a colheita), a qualidade da farinha e fraca portanto, recomenda-se adicionar o maximo de 20% a farinha de trigo.

IAC 3 Banteng

Ano de Lançamento 1995 referencia 01763

Apresenta bom potencial de rendimento de grãos nas condições de cultivo de sequeiro, possuindo as seguintes características agronômicas: porte baixo (105 a 120cm), moderadamente resistente ao acamamento, resistência ao crestamento moderada, resistente a ferrugem da folha e oídio e moderada resistência às manchas foliares causadas por helmintosporiose e a alta suscetibilidade a brusone, resistente a debulha natural mas moderadamente sensível à germinação na espiga, de ciclo médio (125 a 135 dias da germinação a colheita), a qualidade da farinha e fraca portanto, recomenda-se adicionar o maximo de 20% a farinha de trigo.

IAC 5 Canindé

Ano de Lançamento 2005 referencia 20447

Apresenta bom potencial de rendimento de grãos nas condições de cultivo de sequeiro, possuindo as seguintes características agronômicas: porte baixo (120 a 135 cm), moderadamente resistente ao acamamento, resistência ao crestamento, resistente a ferrugem da folha e oídio e moderada resistência às manchas foliares causadas por helmintosporiose e a alta suscetibilidade a brusone, resistente a debulha natural e mas moderadamente sensível à germinação na espiga, de ciclo médio (135 a 145 dias da germinação a colheita), a qualidade da farinha e fraca portanto, recomenda-se adicionar o maximo de 20% a farinha de trigo.



Sede do Instituto Agronômico
Avenida Barão de Itapura, 1.481
Botafogo
Campinas (SP) Brasil
CEP 13020-902
Fone (19) 2137-0600