Portal do Governo | Investe SP | Cidadão SP | Internacional SP

Webmail    |    Intranet

Centro de Grãos e Fibras


Cultivares - Trigo

Cultivares de Trigo lançados de 1999 a 2008, pelo programa de Melhoramento Genético do IAC.

AC 364 Tucuruí III

Ano de Lançamento 1999 referência 04384


Apresenta bom potencial de rendimento de grãos nas condições de cultivo de sequeiro e irrigado por aspersão, possuindo as seguintes características agronômicas: porte baixo ( 85 a 90 cm), moderadamente resistente ao acamamento, moderada resistência ao crestamento, moderadamente suscetível a ferrugem da folha e as manchas foliares causadas por helmintosporiose e a brusone, resistente a debulha natural e a germinação na espiga de ciclo precoce a médio de (120 a 130 dias da germinação a colheita) e de excelente qualidade de farinha, classificado como trigo melhorador de acordo com a Instrução Normativa no 7 do MARA de 2001.

IAC 370 Armageddon

Ano de Lançamento 1999 referência 02505


Apresenta alto potencial de rendimento de grãos nas condições de cultivo de sequeiro e irrigado por aspersão, possuindo as seguintes características agronômicas: porte baixo (90 cm), resistente ao acamamento, suscetível ao crestamento, suscetível a ferrugem da folha, brusone e ao oídio , moderadamente resistente as manchas foliares causadas por helmintosporiose e a Stagnospora nodorum, resistente a debulha natural e a germinação na espiga de ciclo médio a tardio (125 a 135 dias da germinação a colheita), e a qualidade da farinha e classificada como trigo pão de acordo com a Instrução Normativa no 7 do MARA de 2001.


IAC 373 Guaicuru

Ano de Lançamento 2004 referência 17609


Apresenta alto potencial de rendimento de grãos nas condições de cultivo de sequeiro e irrigado por aspersão, possuindo as seguintes características agronômicas: porte baixo (85 a 90 cm), moderadamente resistente ao acamamento, moderada resistência ao crestamento, resistente a ferrugem da folha e com moderada resistência as manchas foliares causadas por helmintosporiose e a brusone, resistente a debulha natural e moderadamente resistente a germinação na espiga de ciclo médio (125 a 130 dias da germinação a colheita), a qualidade da farinha, e classificada como trigo pão de acordo com a Instrução Normativa no 7 do MARA de 2001.

IAC 375 Parintins

Ano de Lançamento 2003 referência 16236


Apresenta alto potencial de rendimento de grãos nas condições de cultivo de sequeiro e irrigado por aspersão, possuindo as seguintes características agronômicas: porte baixo (80 a 85 cm), moderadamente resistente ao acamamento, moderada resistência ao crestamento, resistente a ferrugem da folha e com moderada resistência as manchas foliares causadas por helmintosporiose e a brusone, resistente a debulha natural e resistente a germinação na espiga de ciclo médio (125 a 130 dias da germinação a colheita), a qualidade da farinha, e classificada como trigo pão de acordo com a Instrução Normativa no 7 do MARA de 2001.

IAC 376 Kayabi

Ano de Lançamento 2004 referência 17610

Apresenta bom potencial de rendimento de grãos nas condições de cultivo de sequeiro e irrigado por aspersão, possuindo as seguintes características agronômicas: porte baixo (85 a 90 cm), moderadamente resistente ao acamamento, moderada resistência ao crestamento, resistente a ferrugem da folha e com moderada resistência as manchas foliares causadas por helmintosporiose e a brusone, resistente a debulha natural e moderadamente resistente a germinação na espiga de ciclo médio (125 a 130 dias da germinação a colheita), a qualidade da farinha, e classificada como trigo pão de acordo com a Instrução Normativa no 7 do MARA de 2001.

IAC 380 Sairá

Ano de Lançamento 2008 referencia 23299


Apresenta bom potencial de rendimento de grãos nas condições de cultivo de sequeiro e irrigado por aspersão, possuindo as seguintes características agronômicas: porte baixo (80 a 90 cm), suscetibilidade ao alumínio tóxico, moderadamente resistente ao acamamento, resistente a ferrugem da folha e com suscetibilidade as manchas foliares causadas por helmintosporiose e a brusone, resistente a debulha natural e moderadamente resistente à germinação na espiga, de ciclo médio (125 a 130 dias da germinação a colheita), a qualidade da farinha, e classificada como trigo melhorador de acordo com a Instrução Normativa no 7 do MARA de 2001.

IAC 381 Kuara

Ano de Lançamento 2008 referencia 23300


Apresenta bom potencial de rendimento de grãos nas condições de cultivo de sequeiro e irrigado por aspersão, possuindo as seguintes características agronômicas: porte baixo (85 a 95 cm), moderadamente resistente ao acamamento, moderada resistência ao crestamento, resistente a ferrugem da folha e com moderada resistência as manchas foliares causadas por helmintosporiose e a brusone, resistente a debulha natural e a germinação na espiga, de ciclo médio (125 a 130 dias da germinação a colheita), a qualidade da farinha e classificada como trigo pão de acordo com a Instrução Normativa no 7 do MARA de 2001.

IAC 385 Mojave

RNC 26658/2010


Semeadura (SP): abril a junho
Espaçamento: 17 – 20 cm entre linhas com 60 – 70 sementes por metro de sulco
Porte: 80 a 90 cm (baixo)
Ciclo 125 – 135 dias
Produtividade média: até 5,0 t/há (sequeiro) e 6,5 t/há (irrigado)
Farinha de excelente qualidade



Sede do Instituto Agronômico
Avenida Barão de Itapura, 1.481
Botafogo
Campinas (SP) Brasil
CEP 13020-902
Fone (19) 2137-0600