Portal do Governo | Investe SP | Cidadão SP | Internacional SP

Webmail    |    Intranet

Centro de Grãos e Fibras


Cultivares - Amendoim



IAC Tatu ST
IAC Tatu ST

• Tipo mais tradicional de amendoim no Brasil; predominante em diversas regiões; em São Paulo, ocupa 10-15% da área de plantio; atualmente este tipo de amendoim constitui um nicho de mercado, onde predominam os amendoins tipo Runner.

• Aptidão para pequenos agricultores com pouca mecanização.

• Grupo comercial Valência; plantas de porte ereto

• Precoce: 90 a 100 dias, do plantio à colheita, nas condições de São Paulo.

• Produtividade (em casca, condições de SP): média – 3.000 Kg/ha; potencial – 4.000 Kg/ha.

• Mercado preferencial: confeitaria (produto em casca ou descascado; grãos salgados com pele).


Runner IAC 886
Runner IAC 886

• Plantas rasteiras, com ramificação tipicamente espessa

• Grupo vegetativo e comercial: Runner

• Ciclo longo, de crescimento determinado: 125-130 dias (em SP)

• Moderadamente resistente à mancha castanha; suscetível à mancha preta e ferrugem.

• Produtividade: média – 4.000 Kg/ha.; potencial – 6.000 Kg/ha.

• Mercado preferencial: confeitaria; grãos predominantemente de calibres 38/42 a 50/60 (padrão de mercado internacional); elaboração dos tradicionais grãos blancheados (sem pele), e outros produtos.


IAC 503
IAC 503

• Plantas rasteiras, com ramificação espessa

• Grupo vegetativo e comercial: Runner

• Ciclo longo, de crescimento indeterminado: 130-140 dias (em SP)

• Moderadamente suscetível à mancha castanha, e moderadamente resistente à mancha preta e ferrugem.

• Produtividade: média – 4.500 Kg/ha.; potencial – 6.500 Kg/ha.

• Qualidade dos grãos: possui a característica “Alto Oleico” (70 a 80 % de ácido oleico no óleo), propiciando prolongamento da “vida de prateleira” do produto.

• Mercado preferencial: confeitaria; grãos alongados e de tamanho médio maior do que de outros do padrão Runner, grãos predominantemente de calibres 38/42 a 40/50; especialmente indicado para elaboração de grãos blancheados (sem pele).


IAC 505
IAC 505

• Plantas rasteiras, com ramificação espessa.

• Grupo vegetativo e comercial: Runner

• Ciclo longo, de crescimento indeterminado: 130-135 dias (em SP)

• Moderadamente suscetível à mancha castanha, mancha preta e ferrugem.

• Produtividade: média – 4.500 Kg/ha.; potencial – 6.000 Kg/ha.

• Qualidade dos grãos: possui a característica “Alto Oleico” (70 a 80 % de ácido oleico no óleo), propiciando prolongamento da “vida de prateleira” do produto.

• Mercado: grãos aptos para o mercado de confeitaria; tamanho médio de grãos na faixa de outros Runner, predominantemente de calibre 40/50; seu alto teor de óleo (49-50%) o qualifica também para o mercado de óleo comestível ou biocombustível.


IAC OL 3
IAC OL 3

• Plantas rasteiras; ramificação espessa

• Grupo vegetativo e comercial: Runner

• Ciclo longo, de crescimento determinado: 125-130 dias (em SP); melhor adequação do ciclo para rotação com a cana.

• Suscetível a doenças foliares

• Produtividade: média – 4.500 Kg/ha.; potencial – 7.000 Kg/ha.

• Qualidade dos grãos: possui a característica “Alto Oleico” (70 a 80 % de ácido oleico no óleo), propiciando prolongamento da “vida de prateleira” do produto.

• Mercado: grãos aptos para o mercado de confeitaria; tamanho médio de grãos um pouco maior do que os de outros Runners, com predominância de calibres 38/42 e 40/50; teor de óleo moderado (na faixa do cv. Runner IAC 886)


IAC OL 4
IAC OL 4






Sede do Instituto Agronômico
Avenida Barão de Itapura, 1.481
Botafogo
Campinas (SP) Brasil
CEP 13020-902
Fone (19) 2137-0600