Webmail    |    Intranet

Centro de Frutas


Criação da APTA

A Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA) foi criada pelo Governador do Estado de São Paulo, Mário Covas, pelos Decreto Nº 44.226 de 03/09/1999 e Decreto Nº 44.885 de 10/05/2000, O novo desenho institucional reuniu importantes centros de excelência de geração e transferência do conhecimento para os agronegócios. São eles: Instituto Agronômico (IAC), Instituto Biológico (IB), Instituto de Economia Agrícola (IEA), Instituto de Pesca (IP), Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL) e Instituto de Zootecnia (IZ). Pelo Decreto 46.488, de 08/01/2002, a APTA é reorganizada definindo-se sua estrutura funcional. A maioria das Estações Experimentais do IAC e de outras Instituições formaram 15 Polos Regionais de Pesquisa. No âmbito do IAC foram criados novos 14 Centros, sendo 4 deles Centros Avançados de Pesquisa. O PqC José Sidnei Gonçalves foi primeiro coordenador da APTA. O mesmo deixou o cargo em /06/04, assumindo em seu lugar o PqC Luis Fernando Ceribelle Madi. Em 24/01/2007 assumiu a coordenação da APTA, o PqC João Paulo Feijão Teixeira.


O Centro APTA de Frutas (antigo Centro de Fruticultura) passou a atuar como unidade multidisciplinar de pesquisa e desenvolvimento, em Jundiaí (SP), na Av. Luiz Pereira dos Santos, 1500 (CEP 13200-970 - CP 11). Na ocasião de sua transferência de Campinas para Jundiaí (2002), o referido Centro teve seu quadro de funcionários diminuído para sete pesquisadores científicos. Transferiram-se para Jundiaí, além do novo diretor - Dr. Ivan José Antunes Ribeiro (ex-Centro de Fitossanidade) - os PqCs Celso V. Pommer, Luiz A. J. Teixeira, Mário Ojima, Fernando A. Campo Dall´Orto, Nilberto B. Soares, Maria Lúcia Maia e Mauro Hideo Sugimori (ex-Centro de Fitossanidade). Os demais PqCs permaneceram em Campinas, sediados em áreas do Centro Experimental Central (IAC). Em 2004 aposentaram-se os PqCs Celso V. Pommer, Mário Ojima e Ivan J. A. Ribeiro. Em 2006 aposentou-se o PqC Mauro Hideo Sugimori, assumindo a diretoria do Centro o Dr Nilberto B. Soares, permanecendo nesta diretoria até final de 2007.


Em 24/12/2004 foi publicada no Diário Oficial a nomeação de novos PqCs, nivel I, para o Centro de Frutas (concurso público realizado em dezembro de 2003). São eles: José Luiz Hernandes, Marco Antonio Tecchio e Rafael Pio (manejo de culturas); Edvan Alves Chagas, Graciela da Rocha Sobierajski, José Emilio Bettiol Neto e Mara Fernandes Moura (melhoramento genético). A partir de janeiro de 2005, estes novos PqCs iniciaram seus trabalhos de pesquisa em sua sede (Jundiaí), sob o comando do novo diretor de centro, o PqC Dr. Nilberto B. Soares. O PqC Rafael Pio pediu exoneração do cargo em 2006, depois de 20 meses de trabalho, para ser professor na UNIOESTE, Paraná, atualmente, é professor da Universidade Federal de Lavras, após breve passagem pela Universidade Federal do Paraná, em Curitiba. Em fevereiro de 2009, após aprovação em concurso público, transferiu-se para Boa Vista o PqC Edvan Alves Chagas para atuar como pesquisador na Embrapa Roraíma, assumindo a Diretoria do Centro de Frutas o Pesquisador Marco Antonio Tecchio, permanecendo no cargo até os dias atuais. No mesmo ano, os pesquisadores Erasmo José Paioli Pires e Maurilo Monteiro Terra foram transferidos para o Centro de Frutas.




Sede do Instituto Agronômico
Avenida Barão de Itapura, 1.481
Botafogo
Campinas (SP) Brasil
CEP 13020-902
Fone (19) 2137-0600