Portal do Governo | Investe SP | Cidadão SP | Internacional SP

Webmail    |    Intranet

Centro Experimental Central


O CEC, começou a ser formado em 08/02/1892, quando foi instalado o Campo de Demonstração do Instituto Agronômico em terras da "Chácara Santa Elisa". Essas terras, num total de 50 alqueires (121ha), foram compradas mais tarde em 23/02/1898. Alguns anos depois, em 27/01/1912, foram adquiridas da "Fazenda Monjolinho", mais 81 alqueires (197ha). Finalmente, em 1944, pelo Decreto 14.314, foi incorporada da "Fazenda Santa Genebra", por desapropriação, mais 186,9 alqueires 452ha), destinados à sua ampliação. Ao todo foram comprados ou incorporados 318 alqueires, o que equivale a 770 ha. Hoje, o CEC possui cerca de 700 ha, devido a doação de áreas para a construção da CATI, do ITAL, do Clube dos Agronômos, do Educandário Eurípedes (unidade do Centro Espírita Allan Kardec), da ETECAP (Escola Técnica Estadual Conselheiro Antonio Prado), do Cemitério Parque Nossa Senhora da Conceição (Amarais), da Avenida Theodureto A. de Camargo e da Rodovia General Milton Tavares de Sousa (SP-332). Toda sua área está localizada na Bacia Hidrográfica do Ribeirão Quilombo.

Pelo decreto 7.312, de 05/07/1935, o IAC passou a ser composto por: Diretoria, 21 Chefias de serviço científico e 3 Chefias de estação experimental de 1ª classe, sendo a Estação Experimental Central, de Campinas, uma delas. Por mais de 60 anos as antigas Seções Técnicas, como: Climatologia Agrícola, Café, Arroz e Cereais de Inverno, Conservação de Solo, Irrigação e Drenagem, Tecnologia de Fibras, Plantas Fibrosas, Cana-de-açúcar, Oleaginosas, Milho e Cereais de Diversos, Plantas Aromáticas e Fumo, Raízes e Tubérculos, Floricultura e Plantas Ornamentais, Fruticultura de Clima Temperado, Plantas Tropicais, Viticultura, Fitoquímica, Leguminosas, Algodão, Entomologia Fitotécnica, Virologia Fitotécnica, Genética, Hortaliças de Frutos, Hortaliças Diversas, Sementes e Fitopatologia localizaram-se, fisicamente, na área do CEC (Fazenda Santa Elisa). Em 1998, estas Seções foram agrupas em Centros de Pesquisa.

Pelo Decreto 46.448 de 08/01/2002 (consolidação da APTA) os Centros de Pesquisa, recém-criados, foram reestruturados, permanecendo os seguintes: Café; Cana; Ecofisiologia e Biofísica; Fitossanidade; Frutas; Grãos e Fibras; Horticultura; Solos e Recursos Agroambientais; e, Recursos Genéticos Vegetais. A partir daí, ficaram extintos os Centros de Recursos Genéticos Vegetais e Jardim Botânico e de Produção de Material Propagativo. Assim, o antigo Núcleo Experimental de Campinas (NEC) passou a ser denominado Centro Experimental Centra (CEC)l, contendo o Núcleo de Apoio Administrativo e o Núcleo de P&D do Jardim Botânico.



Sede do Instituto Agronômico
Avenida Barão de Itapura, 1.481
Botafogo
Campinas (SP) Brasil
CEP 13020-902
Fone (19) 2137-0600