Webmail    |    Intranet

Histórico

A biblioteca do IAC, criada em 1887, juntamente com a Imperial Estação Agronômica, por D. Pedro II, constitui um patrimônio de inestimável valor científico e tecnológico, tanto pela raridade quanto pelo número de documentos que compõem seu acervo. Uma das mais antigas e completas em Agronomia e ciências correlatas da América Latina, é formada por cerca de 280 mil documentos, englobando 33 mil títulos de livros, 82 mil boletins, 3 mil títulos de periódicos, além de outros materiais bibliográficos. Em sua coleção de obras raras, destacam-se: Species Plantarum, 1762 e Philosophia Botanica, 1763, de LINEU; Thesaurus Linguae Latinae, 1734, de STEPHANI; Lexicon Totius Latinitatis, 1827, de FORCELLINI; Voyage de L’Arabie Hereuse par L’Ocean Oriental, 1716, de LA ROQUE; Systema Rhyngotorum, 1803, de FABRICII; Les Macrolepidopteres du Glob, 1907, de SEITZ; Flora Brasiliensis, iniciada em 1833, de von MARTIUs e Plantarum Brasiliae, 1827, de POHL; os dois últimos autores participantes da Expedição Langsdorf, que percorreu o Brasil no século XIX.



Sede do Instituto Agronômico
Avenida Barão de Itapura, 1.481
Botafogo
Campinas (SP) Brasil
CEP 13020-902
Fone (19) 2137-0600